Tribo Urbana – Rockabilly

2 jul

O Rockabilly teve início nos rebeldes e nostálgicos anos 50. Esta subcultura surgiu nos Estados Unidos, tendo como seu representante principal Bill Haley. Ele inovou ao misturar jump blues e electric country, dois estilos musicais da época ( em 1954), no mesmo ano, entretanto, um cantor chamado Elvis Presley iniciou a verdadeira popularização do gênero com uma série de gravações lançadas pela Sun Records. Elvis Presley, obviamente, é a principal figura dessa subcultura. Foi ele quem popularizou a música e toda a cultura relacionada a ela. Transformou-se em um ícone, um ídolo revolucionário. Em meados dos anos 50, todos adolescentes queriam ser Elvis ou pelo menos ter um disco lançado pela mítica gravadora Sun Records. O valor do Rockabilly como forma de consolidação da rebeldia adolescente, aspecto latente no período pós-guerra,foi a primeira vez que o segmento adolescente encontrou uma forma verdadeira de se manifestar, mesmo que isto, à inicialmente, tenha sido condenado pela parte conservadora da sociedade. Até esse presente momento existiam dois segmentos distintos no meio social: os adultos e as crianças. Ou seja, o período de agitação e contestações, que caracteriza a fase adolescente, era abafado em nome da moral e dos bons costumes. Essa forma de contestação era personificada pelas figuras de James Dean e Marlon Brando,as inquietações destes ícones, na época jovens atores, foram viabilizadas por seus trabalhos no cinema em filmes como Juventude Transviada, Um Bonde Chamado Desejo e O Selvagem, todos indispensáveis para que o mundo acolhesse o Rockabilly como manifestação cultural.

Estilo

poster rock

Ao mesmo tempo, cabelos armados, jeans brutos – melhor se com barras dobradas -, T-Shirts brancas, jaquetas em couro – principalmente em estilo perfecto -, camisas com colarinho pequeno, blazers ajustados com abotoamento baixo, cardigans curtos e gravatas em cor única, podem ser apontados como itens de vestuário para os homens adeptos ao Rockabilly. Já, para as mulheres, são aprovadas tanto saias rodadas, como saias lápis, reforço, neste caso, do estilo sensual das Pin-Ups. A sensualidade ingênua delas também influencia a elaboração dos cabelos e maquiagens, bem como, a utilização de prints em motivos animais, como tigrados, por exemplo. Ou seja, cabelos ondulados, boca vermelha bem marcada e blush rosado são importantes, além disso a mulher que vive nesse meio contempla a utilização de twin-sets em malha, calças cigarretes e camisas brancas. A inocência deste período também pode ser interpretada através de alguns padrões típicos, como o petit pois e o xadrez vichy, utilizados para adornar saias, camisas e calças. A cintura marcada, fator que contribui para o arredondamento dos quadris, é item importante na caracterização das adeptas desta subcultura, acompanhando todas essas peças para formar o look final dessa mulher temos também os colares e pulseiras em bolas, pérolas que eram muito populares na década de 50, também tendo a sua importância as flores grandes em materiais diversos. Elas podem ser utilizadas para adornar penteados, por exemplo. Os calçados eram com bicos arredondados, tanto para os modelos baixos, como para os modelos altos. A princípio de curiosidade, a popularização das sapatilhas nos anos 50, se deu devido à tribo das Teddy Girls, que utilizavam este tipo de calçado como forma de representar sua rebeldia com os padrões sociais vigentes. Mas, o fato é que as sapatilhas acabaram se popularizando por serem confortáveis, possibilitando maior versatilidade para dançar. Há grandes eventos, que ocorrem hoje em dia de Rockabilly nos EUA como o Viva Las Vegas. É considerado o maior evento de rockabilly do mundo, com duração de 4 dias, mais de 100 bandas e artistas originais, dividindo três palcos e pista de dança.

Lugares para dançar e  frequentar ( Rockabilly) em São Paulo:

– Woolly Bully – Av: Independência- 4.170 – Vinhedo – S.P

– The Clock – Rua Turiassú – 806 – Perdizes – S.P

Anúncios

4 Respostas to “Tribo Urbana – Rockabilly”

  1. Hariel julho 11, 2009 às 12:54 PM #

    Prá quem curte rockabilly tem também as festas do Eric,do Ivan e do Yéh.Como são um lado mais alternativo e autentico,para ficar sabendo dos eventos é bom voce se informar na Galeria do Rock com alguém ou se cruzar com algum rocker.No cenário de shows alternativo é o mais autentico do genêro na cultura rock and roll.Realmente vale a pena.

  2. Tammi Voshida março 15, 2010 às 2:57 PM #

    De onde você tirou estas informações? Foi você quem escreveu?? Porque estou fazendo uma pesquisa de moda sobre rockabilly e adorei o seu post! Se puder entrar em contato com alguma informação adicional ou suas fontes de pesquisa eu agradeceria muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito!! rs. é só me enviar um email, beijos

    • Thamires março 18, 2011 às 12:37 AM #

      Oii , gostaria muito de saber mais informações sobre os rockabillys, vou fazer um fotodocumentario, intão se puderem entrar em contato por email, ajudaria bastante 😉 obrigada.

  3. Karina Maltchik Kohem junho 21, 2011 às 10:05 AM #

    oi estamos fazendo um trabalho sobre os rockabillies, e queremos saber de onde você tirou as informações sobre eles, é só mandar um e-mail. Aguardo resposta; Beijos Karina!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: