Arquivo | março, 2012

PALESTRA: O PARADOXO DA MODA: CRIAÇÃO E GESTÃO

27 mar

Palestra O PARADOXO DA MODA: CRIAÇÃO E GESTÃO com Jum Nakao e Amnon Armoni na FAAP

Data: 03.04.2012
Horário: 19h30
Local: FAAP – Sede – Centro de Convenções

Vagas limitadas.
Inscrições até o dia 01/04/2012, ou até o preenchimento de todas as vagas.

Anúncios

Partes de um calçado

27 mar

Alma: Peça delgada posicionada longitudinalmente ao centro da palmilha, que serve para dar firmeza no caminhar e sustentar a planta do pé.
Contraforte: Reforço colocado entre o cabedal traseiro e o forro, na região do calcanhar. Tem a finalidade de dar forma ao traseiro do calçado. Se apalpar com força seu sapato, por trás, vai sentir um semicírculo mais firme que cobre seu calcanhar. Esse é o contraforte.
Corte: Parte superior do calçado destinada a cobrir e proteger a parte de cima do pé. Compreende praticamente toda a extensão do sapato, menos a sola. Divide-se em gáspea (parte da frente) e traseiro (parte lateral e de trás do calçado).
Entressola: camada intermédia colocada entre a palmilha de montagem e a sola, com função estética ou funcional.
Forro: é o revestimento utilizado com a função de proporcionar acabamento interno ao calçado, reforço, absorção de humidade e conforto. Pode ocupar toda a sua superfície ou apenas a região da gáspea ou do calcanhar.
Gáspea: Parte frontal do cabedal do sapato. Compreende a porção que cobre desde os dedos até o peito do pé e pode ser inteiriça ou composta por outra peça, a biqueira.
Lingueta, língua ou pala: Parte superior da gáspea, de couro flexível, cuja função é a de proteger o pé do cordão.
Orelha: Parte onde se coloca os ilhós para introduzir o cordão/atacador.
Palmilha de acabamento: Material (couro, tecido ou plástico) que recobre o sapato internamente, assentado sobre a palmilha de montagem e a alma.
Palmilha de montagem: tem como finalidade a fixação do corte após a montagem, manutenção do formato da superfície da planta do pé, absorção do suor e resistência à constante pressão do caminhar.
Salto: Suporte fixado à sola na região do calcanhar e destinado a dar equilíbrio ao calçado.
Sola: Parte externa inferior do solado, que está em contato direto com o chão.
Solado: Conjunto de peças que formam a parte inferior do calçado e que se interpõem entre o pé e o solo. É formado pela sola, entressola, vira e salto.
Tacão ou capa: colocado na parte inferior do salto e feito com material sintético duro, e tem como função proteger o salto do desgaste e, ao mesmo tempo, absorver o impacto do caminhar.
Testeira: Reforço no bico do sapato, entre o forro e a gáspea, que tem como finalidade proteger os dedos e, ao mesmo tempo, dar maior firmeza e boa apresentação ao bico.
Traseiro: Parte de trás do sapato. Pode ser constituído por uma única peça ou possuir nas laterais várias peças: cano, orelha, etc.
Vira: Tira estreita do mesmo material da sola, colada ou costurada à volta do sapato.
Couraça: Reforço colocado no bico do sapato e fica escondido sob o material externo do cabedal (couro, tecido, etc) e o forro. Tem a finalidade de dar forma ao bico do calçados para mantê-los inalterados

Spring Summer 2012 Shoe Trend Report

8 mar